Polícia

Assaltantes se passam por policiais ao invadir chácara, são recebidos a tiros e um morre

Uma família que vive numa chácara localizada nas margens da BR-163, próximo ao distrito de Anhanduí, a cerca de 58 quilômetros de Campo Grande, passou por um susto no último dia 24 de dezembro, véspera de Natal, ao terem sua chácara invadida por dois assaltantes que se passaram por policiais civis. Recebido a tiros, um […]

Vinícius Costa Publicado em 29/12/2019, às 19h20 - Atualizado em 30/12/2019, às 16h17

Polícia Militar esteve no local (Arquivo, Midiamax)
Polícia Militar esteve no local (Arquivo, Midiamax) - Polícia Militar esteve no local (Arquivo, Midiamax)

Uma família que vive numa chácara localizada nas margens da BR-163, próximo ao distrito de Anhanduí, a cerca de 58 quilômetros de Campo Grande, passou por um susto no último dia 24 de dezembro, véspera de Natal, ao terem sua chácara invadida por dois assaltantes que se passaram por policiais civis. Recebido a tiros, um dos bandidos morreu.

A proprietária da chácara, identificada apenas como Niraildes, explicou à polícia que estava acompanhada de seu esposo e seu neto, de 8 anos e que por volta das 23h, os dois indivíduos bateram em sua porta identificando-se como policiais civis. O motivo da “visita”, segundo consta o boletim de ocorrências”, era para recolher uma arma que era de posse do proprietário da chácara. O problema é que sem respostas da família, os assaltantes começaram a ameaçar arrombar a porta e invadir a chácara.

Assaltantes se passam por policiais ao invadir chácara, são recebidos a tiros e um morre
Espingarda e um celular foram apreendidos pela polícia. (Foto: Divulgação)

Temendo pela integridade física, as três pessoas que vivem na propriedade se esconderam no quarto ao escutarem fortes barulhos contra a porte vindo de um objeto pesado. Após a ação, a porta foi aberta e os assaltantes adentraram ao recinto familiar.

Além de invadir a residência, os indivíduos realizaram quatro disparos: três atingiram as paredes do quarto e um acabou acertando um objeto na sala. Já escondidos, o marido da proprietária identificado apenas como Waldomiro, tomou posse da sua arma, uma espingarda calibre 12 e com o avanço dos assaltantes, realizou disparos contra a dupla.

Depois de toda a ação, a dupla saiu em debandada em rumo não identificado e deixaram cair no meio da chácara uma camisa social xadrez, uma capa de couro estilo coldre que serviria para guardar arma de fogo e um par de chinelos da cor preta.

Segundo informação do site Alvorada Informa, um dos assaltantes sofreu fratura exposta na altura do fêmur e está internado no Hospital Municipal de Nova Alvorada do Sul, enquanto o segundo bandido foi levado para Anhanduí e transferido para a Santa Casa de Campo Grande, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu.

* Colaborou Rones Cezar, do Alvorada Informa

Jornal Midiamax