Polícia

No Centro da Capital, homens ‘saem no braço’ por égua supostamente furtada

Animal estava ferido e maus-tratos serão apurados

Wendy Tonhati Publicado em 18/03/2018, às 16h56

None

Animal estava ferido e maus-tratos serão apurados

A Polícia Militar foi acionada para conter uma briga, por volta das 7h30 deste domingo (18), no bairro Amambaí, região central de Campo Grande. De acordo com o boletim de ocorrência, o motivo era a propriedade de uma égua utilizada para tracionar carroça. O animal estava ferido e o caso será encaminhado à Decat (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Proteção ao Turista) para ser investigado.

No Centro da Capital, homens ‘saem no braço’ por égua supostamente furtada

Segundo o homem, o outro envolvido estaria tentando vender animal por R$ 300. Durante a discussão, o “vendedor” montou a égua, caiu e acabou se ferindo. Os dois chegaram a lutar por conta da propriedade do animal.

A PM decidiu levar os envolvidos para a delegacia e nenhum dos dois comprovou ser o dono. A égua, estava debilitada e com um ferimento, foi levada para o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses).

O caso foi praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.

Foto: Ilustrativa

Jornal Midiamax