Polícia

Para escapar após acidente, homem diz que estava sendo perseguido e tenta subornar policiais

Um motorista de 40 anos foi preso após se envolver em um acidente de trânsito na rua Duque de Caxias, no bairro Popular Velha, em Corumbá, cidade distante a 428 quilômetros de Campo Grande. Ele ainda tentou fugir do local, mas foi encontrado. Conforme informações do site Diário Corumbaense, carro e moto acabaram colidindo na […]

Mariana Rodrigues Publicado em 01/09/2018, às 11h36 - Atualizado às 12h37

Foto: Divulgação Bombeiros
Foto: Divulgação Bombeiros - Foto: Divulgação Bombeiros

Um motorista de 40 anos foi preso após se envolver em um acidente de trânsito na rua Duque de Caxias, no bairro Popular Velha, em Corumbá, cidade distante a 428 quilômetros de Campo Grande. Ele ainda tentou fugir do local, mas foi encontrado.

Conforme informações do site Diário Corumbaense, carro e moto acabaram colidindo na rua Duque de Caxias esquina com a Major Gama, por volta das 19h30 de sexta-feira (31). A motocicleta era conduzida por um jovem de 19 anos que 19 anos homem que apresentava escoriações pelo corpo e fratura no braço esquerdo.

Já a passageira da moto de 20 anos estava inconsciente com corte na cabeça e traumatismo craniano. As vítimas receberam os primeiros atendimentos pelo Corpo de Bombeiros no local e foram levadas para o Hospital de Corumbá.

O condutor do veículo entrou em uma casa perto do local do acidente e pediu para o morador que o tirasse do local pois estava sendo perseguido por uma gangue. Ele chamou a polícia, que o prendeu na residência. Uma adolescente que estava no carro com ele contou aos policiais que ambos usaram maconha momento antes da colisão.

Durante sua abordagem, por duas vezes ele chegou a oferecer dinheiro para os policiais para que fosse liberado. A quantia oferecida não foi informada. Após checagem dos dados pessoais, foi constatado que havia um mandado de prisão expedido contra o acusado.

O condutor do carro foi levado para a Delegacia de Polícia Civil por conduzir veículo sob influência de droga; não possuir Carteira Nacional de Habilitação; omissão de socorro; lesão corporal culposa e corrupção passiva.

Jornal Midiamax