Polícia

Família faz mutirão no Inferninho para encontrar homem que sumiu após sair para pescar

Familiares de Thiago Lopes Amarilha, de 32 anos, fizeram um mutirão na região do Inferninho, em Campo Grande, neste final de semana, após informações de que ele teria sido visto em uma camionete no dia em que desapareceu, 27 de maio. Segundo informações da mãe de Thiago, Laís Lopes Amarilha, 47 anos, cerca de 20 […]

Mariana Rodrigues Publicado em 04/06/2018, às 11h58 - Atualizado em 05/06/2018, às 09h39

None
Família faz mutirão no Inferninho para encontrar homem que sumiu após sair para pescar
Foto: Henrique Kawaminami/Jornal Midiamax

Familiares de Thiago Lopes Amarilha, de 32 anos, fizeram um mutirão na região do Inferninho, em Campo Grande, neste final de semana, após informações de que ele teria sido visto em uma camionete no dia em que desapareceu, 27 de maio. Segundo informações da mãe de Thiago, Laís Lopes Amarilha, 47 anos, cerca de 20 homens foram até a região para procurá-lo.

Ainda conforme informações da mãe do rapaz, as buscas pela região do Inferninho iniciaram após eles ficarem sabendo que Thiago tinha sido visto, pelo marido de uma prima, por volta das 13h30 do dia de seu desaparecimento na Vila Popular dentro de uma camionete com outros dois homens.

“O marido da minha prima estava jogando sinuca e viu quando a camionete passou em alta velocidade pelo bairro e o Thiago estava dentro da camionete. Ele nos procurou para contar depois que ficou sabendo que ele (Thiago) estava desaparecido”, diz ela.

Família faz mutirão no Inferninho para encontrar homem que sumiu após sair para pescar
Foto: Divulgação

Nas buscas feitas na região do Inferninho pelos próprios familiares nada foi encontrado, Laís disse que nem vestígios ou pistas sobre o desaparecimento do rapaz foram encontradas, assim como na região da Embrapa. “Os bombeiros nos disseram que não acharam nada, eles vasculharam a mata inteira do Embrapa, mas nada foi encontrado, nem mesmo mato amassado”. Laís disse ainda que um boletim de ocorrência foi registrado na 7ª Delegacia de Polícia que deve dar início às investigações sobre o desaparecimento de Thiago.

De acordo com a assessoria de Imprensa da Embrapa, que acompanha as buscas, os Bombeiros procuraram tanto na área em que Thiago supostamente desapareceu, onde fica uma cachoeira de aproximadamente sete metros, quanto na região oposta, porém nada foi encontrado. Ainda conforme a assessoria, as buscas foram encerradas na região.

Caso

Thiago desapareceu quando saiu para pescar com um grupo de amigos na manhã de domingo (27). Todos voltaram para casa, mas ele resolveu voltar para a mata à tarde.

Laís Lopes Amarilha, 47 anos, mãe de Thiago, contou que essa era a segunda vez que ele sai para pescar no mesmo local, mas nunca tinha voltado sozinho. Ela acredita que ele tenha se perdido na mata. “Acreditamos que ele tenha se perdido, Deus ajude que seja isso”, disse a mãe.

Eles registraram o boletim de ocorrência, e buscas foram feitas pelos bombeiros, mas apenas a camisa que ele usava foi encontrada pelos próprios amigos. Ele foi descrito pela mãe com altura mediana, forte, moreno e tem uma tatuagem com escrito japonês no braço.

Jornal Midiamax