Polícia

Jovem de 17 anos morre em troca de tiros com a polícia durante Operação Território Livre

Nicolas Magalhães Dauzacker, de 17 anos, foi morto nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (1º) em uma troca de tiros com a polícia, em Dourados – a 225 quilômetros de Campo Grande, durante a deflagração da Operação Território Livre. Informações são de que a polícia chegou à casa nas primeiras horas desta quinta (1º), […]

Thatiana Melo Publicado em 01/11/2018, às 07h47 - Atualizado às 14h47

None

Nicolas Magalhães Dauzacker, de 17 anos, foi morto nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (1º) em uma troca de tiros com a polícia, em Dourados – a 225 quilômetros de Campo Grande, durante a deflagração da Operação Território Livre.

Informações são de que a polícia chegou à casa nas primeiras horas desta quinta (1º), no bairro Harrison de Figueiredo, e teria sido recebida com tiros pelo adolescente.

Na troca de tiros ele foi atingido e foi socorrido para uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento), mas chegou sem vida à unidade de saúde.

Segundo o site Dourados News, uma garota de 16 anos que seria companheira de Nicolas foi apreendida pelos policiais.

A arma usada por ele também foi apreendida. Havia mandado de busca e apreensão contra ela.

Operação

Operação Território Livre é para apurar denúncias de que integrantes de facção criminosa estariam planejando ataques contra servidores de segurança pública e atentados a prédios públicos.

Nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (1º), Nicolas Magalhães Dauzacker de 17 anos foi morto em troca de tiros com a polícia, em Dourados – a 225 quilômetros de Campo Grande, durante a deflagração da Operação Território Livre.

Informações são de que a polícia chegou a residência nas primeiras horas desta quinta (1º), no bairro Harrison de Figueiredo, sendo recebida com tiros pelo garoto. Na troca de tiros ele foi atingido sendo socorrido e levado para uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) chegando sem vida a unidade de saúde.

Segundo o site Dourados News, uma garota de 16 anos que seria companheira de Nicolas foi apreendida pelos policiais. A arma usada por ele também foi apreendida. Havia mandado de busca e apreensão contra ela.

Operação

Operação Território Livre é para apurar denúncias de que integrantes de facção criminosa estariam planejando ataques contra servidores de segurança pública e atentados a prédios públicos.

(Foto: Osvaldo Duarte)

Jornal Midiamax