Polícia

Caseiro diz à polícia que índios bêbados o espancaram e roubaram porco, vaca e mandioca

O caseiro de uma propriedade da região rural de Dourados, distante 225 km de Campo Grande, procurou a polícia na madrugada deste sábado (21), dizendo que foi amarrado, espancado e roubado por um grupo de  cerca de 25 indígenas armados com espingardas na noite dessa sexta-feira (20). De acordo com informações do Boletim de Ocorrência, a […]

Tábata Rauschkolb Publicado em 21/07/2018, às 10h48 - Atualizado às 12h32

None

O caseiro de uma propriedade da região rural de Dourados, distante 225 km de Campo Grande, procurou a polícia na madrugada deste sábado (21), dizendo que foi amarrado, espancado e roubado por um grupo de  cerca de 25 indígenas armados com espingardas na noite dessa sexta-feira (20).

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência, a vítima trabalhava na fazenda quando ouviu os cães do local latindo incessantemente. Quando foi verificar o que tinha acontecido encontrou com um grupo de indígenas, que segundo ele estavam bêbados.

O caseiro relata que o grupo o amarrou e começou à espanca-lo enquanto gritavam ‘a terra é nossa’. Ele diz que conseguiu convencer o grupo a soltá-lo, mas que antes de partir teriam levado tudo que encontraram.

A vítima relata que os homens roubaram um trator pequeno, moto serra, roçadeira, televisão, máquina de lavar, fogão, geladeira, freezer, máquina de passar veneno, máquina de cortar grama, galinhas, porcos, vaca e até sua plantação de mandioca.

Jornal Midiamax