Polícia

Após denúncias, PF diz que não encontrou vítimas de suposto ataque a índios

Em nota divulgada na tarde desta segunda-feira (29), a Polícia Federal informou que não encontrou o local nem mesmo vítimas de suposto atentado contra índios Guaraní Kaiowá que, segundo denúncias, teriam sido atacados a tiros na manhã domingo (28), em Dourados. Os Policiais Militares informaram ter diligenciado nos locais informados e não encontrado ninguém. A […]

Clayton Neves Publicado em 29/10/2018, às 17h24 - Atualizado em 30/10/2018, às 10h07

None

Em nota divulgada na tarde desta segunda-feira (29), a Polícia Federal informou que não encontrou o local nem mesmo vítimas de suposto atentado contra índios Guaraní Kaiowá que, segundo denúncias, teriam sido atacados a tiros na manhã domingo (28), em Dourados.

Os Policiais Militares informaram ter diligenciado nos locais informados e não encontrado ninguém. A Polícia Federal encaminhou equipe até o local onde havia sido informado ter havido um ataque a indígenas e, apesar de exaustivas buscas, não conseguiu localizar ninguém envolvido na situação”, diz o texto.

De acordo com a PF, até o momento ninguém procurou a polícia para formalizar denúncia ou colaborar com as investigações. “O local apontado como aquele em que os fatos teriam ocorrido não se encontra dentro da aldeia indígena, sendo uma propriedade contígua”, finaliza o comunicado.

O caso

Na manhã deste domingo (28), denúncia à Polícia Militar comunicou suposto ataque a tiros em um acampamento na região da Aldeia Bororó. Segundo comunicante, cerca de 15 pessoas, incluindo uma criança teriam ficado feridas.

Jornal Midiamax