Polícia

Vizinho acusado de estupro deve ser investigado pela polícia

Crime foi denunciado nesta sexta-feira

Thatiana Melo Publicado em 05/05/2017, às 12h46

None
depca-mj_2.jpg

Crime foi denunciado nesta sexta-feira

A Polícia Civil de Campo Grande deve investigar um homem, de 52 anos, acusado por seu vizinho de estupro de vulnerável. O suspeito teria sido acusado de abusar do filho do homem.

O suspeito procurou a delegacia de polícia na manhã desta sexta-feira (5), depois de ser agredido com socos pelo pai da vítima, quando chegava em sua residência. Na delegacia, ele negou os fatos e disse que seu vizinho estava embriagado no momento dos fatos.

O delegado Paulo Sérgio Lauretto da Depca (Delegacia Especializada de Proteção a Criança e ao Adolescente), disse ao Jornal Midiamax que uma cópia do boletim de ocorrência deverá ser distribuída para a delegacia, e após isso será feita a análise e a abertura de investigação.

Os fatos

Nesta manhã, um homem, de 52 anos, foi agredido a socos e tapas quando chegava do serviço pelo seu vizinho que estaria embriagado e o acusou de ter estuprado seu filho. O fato teria sido relatado pelo menino ao pai.

Na delegacia, o homem afirmou que foi agredido com socos e tapas e que negou que tenha cometido o abuso sexual contra o filho do vizinho. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro como vias de fato.

Jornal Midiamax