Mulher morreu pedindo ajuda no meio da rua

A residência do suspeito de matar com golpes de faca, Maria José Rodrigues, conhecida como Tum, foi incendiada após o crime nesta quinta-feira (24), na cidade de distante 253 quilômetros de Campo Grande. Após o crime ele foi detido e levado para a delegacia de polícia.

Testemunhas contaram que viram uma pessoa no local danificando a residência, quebrando objetos e colocando fogo em seguida. A casa de madeira foi destruída pelo fogo. O Corpo de Bombeiros foi acionado e foi necessário o uso de 1,5 mil litros de água apagar as chamas.

Informações são de que Maria estaria na residência com mais 10 pessoas sendo em que ela teria furtado um celular, momento em que a confusão começou. Ela foi agredida e esfaqueada conseguindo fugir pedindo ajuda pelas ruas do bairro.Suspeito de matar mulher esfaqueada é detido e tem casa incendiada

Ainda de acordo com informações do site Edição de Notícias, uma das pessoas que estava na casa- que não foi identificada- deu uma paulada em Maria e o dono da residência identificado como Robson Bissa teria desferido a facada na vítima. Ele foi levado para a delegacia de polícia, que investiga a participação de outras pessoas no crime.