Polícia

Solto após fiança, condutor que destruiu portão de casa volta para ameaçar moradora

Suspeito estava embriagado no dia do acidente

Midiamax Publicado em 05/07/2017, às 17h52

None

Suspeito estava embriagado no dia do acidente

Depois de ter o portão e o muro, destruídos, por um condutor embriagado há cerca de 30 dias, uma moradora do Bairro Lagoa Dourada, em Campo Grande, enfrenta um dilema, pois estaria recebendo ameaças do suspeito. Nesta terça-feira (4), o homem, conhecido apenas como ‘Polaco’, teria invadido a residência para ameaçar a vítima e suas filhas.

Mesmo embriagado, o condutor queria entrar em um acordo sem que a polícia fosse chamada. O pedido foi contrariado e o condutor levado preso pela PM. A prisão durou quatro dias até o pagamento de fiança. A funcionária pública Jucélia Duarte dos Santos, de 36 anos, ressalta que não faz questão do conserto, mas que tem medo de que algo grave possa acontecer com as filhas.  

Solto após fiança, condutor que destruiu portão de casa volta para ameaçar moradora

Voluntária em trabalhos sociais no bairro, Jucélia é conhecida no bairro, mas não sabe onde o suspeito ou algum familiar moram. Outra dificuldade, de acordo com a moradora, é com o acionamento da PM (Polícia Militar), que na única vez que atendeu ao chamado o suspeito já tinha ido embora.

O Jornal Midiamax indagou a assessoria de imprensa da corporação, que informou que as equipes acionadas vão ao local e, em casos de evasão, realizam rondas na busca por suspeitos. Porém, orienta que as vítimas devem procurar delegacias de Polícia Civil para o registro dessas ocorrências. Conforme a PM, deixar um histórico registrado facilita o trabalho das autoridades policias.

Jucélia foi até a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), da Vila Piratininga, onde foi orientada a procurar a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher ) para a confecção de uma medida protetiva contra o suspeito.

Jornal Midiamax