Polícia

Presos de MS são escoltados e julgados por morte de agente federal

Crime aconteceu em 2012 

Clayton Neves Publicado em 16/12/2017, às 16h19

None

Crime aconteceu em 2012 

Um detendo do presídio federal e três da penitenciária estadual de Campo Grande foram julgados nesta quinta-feira (14) e sexta-feira (15), em Mossoró, no Rio Grande do Norte. Os quatro foram condenados pela morte de um agente federal de execução penal, em 2012.  

Expedito Luís de Carvalho, o Luizinho, Emerson Ricardo de Moraes, o Magão, Luciedson Soares da Silva, o Pirrola e Antônio Vieira Júnior, o Juninho Queimado, foram escoltados até o Tribunal da Justiça Federal de Mossoró por 30 agentes de segurança, sendo 10 deles de Campo Grande. Após a sentença, os presos foram trazidos novamente para a Capital.

A segurança no local ficou sob responsabilidade de 150 homens da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, e Polícia Militar.Presos de MS são escoltados e julgados por morte de agente federal

O quarteto é acusado da morte do agente federal Lucas Barbosa da Costa, na época com 22 anos. O corpo dele foi encontrado no dia 17 de dezembro de 2012 em uma estrada na zona rural de Mossoró.

Juntas, as penas dos acusados somam 121 anos de prisão

Jornal Midiamax