Polícia

Polícia já tem pistas de suspeitos da execução de advogado no Aero Rancho

Crime aconteceu em 2016

Thatiana Melo Publicado em 03/08/2017, às 12h27

None

Crime aconteceu em 2016

A polícia já teria identificado os possíveis suspeitos pela morte do advogado Luís Eduardo Lopes de 45 anos, no dia 16 de agosto de 2016, no Bairro Aero Rancho, em Campo Grande. Ele foi executado a tiros que atingiram sua cabeça, tórax e costas.

Segundo informações os possíveis autores pelo crime já teriam sido identificados pela polícia, que trabalha com duas linhas de investigação, mas que não foram divulgadas para não atrapalhar.

Ainda de acordo com informações não oficiais, como a vítima não tinha antecedentes criminais dificultou traçar um parâmetro para as investigações.

Luís Eduardo Lopes foi morto no dia 16 de agosto quando estava em seu veículo Volkswagen Gol e teria sido seguido por outro carro, um Fiat Pálio, de cor prata, que emparelhou ao lado de seu carro e os ocupantes efetuaram disparos.Polícia já tem pistas de suspeitos da execução de advogado no Aero Rancho

Ele trabalhava na vigilância sanitária da Prefeitura de Campo Grande e no seu carro foram encontrados no dia vários processos de estabelecimentos que seriam vistoriados no dia do crime.

A época o temperamento difícil da vítima foi apontado como uma possível causa para sua execução. Ele foi morto com seis tiros. 

Jornal Midiamax