Irmão de 9 anos também ficou ferido

​Duas crianças, de 11 e 9 anos, sofreram queimaduras de terceiro grau ao brincarem com um galão de álcool na noite desta quinta-feira (25), no Bairro Cristo Redentor, em . Os irmãos estavam sozinhos em casa quando o acidente aconteceu. O mais velho foi levado em estado grave para a Santa Casa com cerca de 60% do corpo queimado.

Segundo vizinhos da família, o pai dos meninos estava viajando e a mãe, que é manicure, estudando. Por conta disso, as crianças estavam sozinhas na casa, localizada na Rua Altair Saraiva Fernandes.

Por volta das 22 horas, os moradores da rua ouviram uma explosão, seguida de um forte clarão, em um cômodo em construção no terreno em que fica a casa da família. Ao chegarem no local, as testemunhas encontraram os “meninos em chamas”.Menino de 11 anos tem 60% do corpo queimado ao brincar com galão de álcool

O teria começado depois que as crianças, em uma brincadeira, teriam ateado fogo em um galão que estava na construção, possivelmente cheio de álcool.

Uma mulher, de 55 anos, que mora ao lado da casa em que o acidente aconteceu, relatou a reportagem que foi a primeira a socorrer os meninos. Assim que se aproximou, ela viu a criança de 11 anos rolando no chão em uma tentativa de apagar as chamas do corpo.

O Corpo de Bombeiros e o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram chamados e levaram os irmãos para a Santa Casa de Campo Grande. Segundo informações do hospital, o mais velho sofreu queimaduras de 3º em aproximadamente 60% do corpo. O menino está internado em estado grave da área vermelha da pediatria, entubado e sedado, com queimaduras no rosto, pernas, braços, barriga e nos órgãos sexuais.  

Já a criança de 9 anos sofreu ferimentos no rosto, tórax e joelho, foi atendido e revebeu alta médica na manhã desta sexta-feira (26).

Os moradores contaram ainda que a mãe das crianças trabalha como manicure, atende toda a região e tem o hábito de levar os filhos com ela, por isso, as vítimas são conhecidas no bairro. O caso será investigado pela Polícia Civil. (Foto: Arlindo Florentino) – (Matéria alterada às 8h44 para acréscimo de informações)