Polícia

Ligou para filha e ameaçou pendurar a ex pelo pescoço após rompimento

Teria comprado arma para matar ex

Thatiana Melo Publicado em 10/05/2017, às 12h35

None

Teria comprado arma para matar ex

Após terminar o casamento de 14 anos por telefone, um homem, de 44 anos, ameaçou matar a ex-mulher, de 42 anos, a pendurando pelo pescoço. Ele teria ligado para a filha e avisado que cometeria o crime, na cidade de Cassilândia distante 430 quilômetros de Campo Grande.

Depois das ameaças feitas a mulher procurou a delegacia de polícia e disse que o relacionamento do casal teria sido marcado por agressões e registros de boletins de ocorrência feitos por ela, por violência doméstica.

Nesta terça-feira (9) ele teria enviado várias mensagens ameaçando a mulher de morte e seu novo companheiro pelo WhatsApp. Ainda de acordo com informações, o autor ainda teria ligado para a filha e dito que penduraria a ex-mulher com uma corda pelo pescoço.

Segundo a vítima, o ex-marido teria comprado um revólver e a ameaçado com a arma. Com medo das ameaças ela pediu medidas protetivas contra ele, e o caso foi registrado como ameaça, violência doméstica.

Jornal Midiamax