O tráfico de drogas e a violência preocupam dirigentes da Igreja Batista.

A Igreja Batista Nova Jerusalém, IBNJ realiza na manhã doo próximo domingo um debate sobre a criminalidade em .

As discussões fazem do projeto “Diga não ao Crime” desenvolvido pelos evangélicos e terá como palestrante o Sargento da Polícia Militar Julio Cesar Teles Arguelho.

O pastor Armindo Edgar Hein, presidente da IBNJ afirmou que o evento tem por meta apresentar aos adolescentes e jovens a artimanha usada por contraventores com a finalidade de levar destruição às famílias.

O aumento do comércio ilícito de drogas na região Sul de MS, segundo o pastor, preocupa as autoridades locais e em todo Brasil. O Estado serve atualmente como um dos principais corredores no transporte de maconha, pasta base, crack e outros riscos para saúde pública.

O pastor afirmou que quase noventa por cento da massa carcerária no Presídio Estadual de Dourados (PED), construído na década de oitenta para abrigar quinhentos e cinquenta presos, conta atualmente com cerca de dois mil e quinhentos internos, a grande maioria por trafico de drogas.

Outro número assustador mostra que entre os encarcerados, o maior grupo é de jovens entre 18 a 25 anos, na plenitude da idade, trocam a liberdade pela mentira do ganho fácil. Igreja Batista Nova Jerusalém apoia trabalho missionário na PED e se posiciona contrária a qualquer tipo de violência.

O sargento Arguelho esta há dezenove anos na corporação e há três responde pela Comunicação Social da Polícia Militar de Dourados.