Garota reclamou e mãe agrediu funcionária com socos e chutes

Uma diarista de 23 anos de idade procurou a polícia para registrar que foi agredida com socos e chutes na noite desta segunda-feira (28), quando trabalhava em uma empresa no bairro Cabreúva, em .

Segundo a versão dela, três vezes por semana ela cumpre expediente para serviços de faxina em uma empresa e, na última segunda, foi surpreendida pelas agressões de uma mulher que teria ido ao local buscar um filho. Uma adolescente teria dito à mulher que foi destratada pela diarista, causando o ataque.

A diarista sofreu socos, chutes, puxões de cabelo e arranhões, além de ter sido ameaçada pela mulher, que prometeu voltar ‘quando não tivesse ninguém para separar a briga'.