Polícia

Conselho verifica denúncia e homem é preso por estuprar enteada de 4 anos

Um homem de 41 anos foi preso nesta segunda

Diego Alves Publicado em 21/11/2017, às 22h01

None

Um homem de 41 anos foi preso nesta segunda

Um homem de 41 anos foi preso nesta segunda-feira (20) suspeito de estuprar a enteada de 4 anos na cidade de Antônio João, cidade a 319 quilômetros de Campo Grande. Uma guarnição da PM do pelotão da cidade foi solicitada por uma equipe do Conselho Tutelar que teria sido desacatada, agredida e ameaçada pela mãe da criança, uma mulher  de 44 anos. Conselho verifica denúncia e homem é preso por estuprar enteada de 4 anos

Os conselheiros foram verificar uma denúncia de que a criança estaria sofrendo maus tratos  na residência localizada na vila Pôr Do Sol, e que sua responsável, estaria em visível estado de embriaguez. 

Quando os conselheiros chegaram à residência, constataram a embriaguêz da mulhers e, ao informar sobre a denúncia e que iriam encaminhar a menor ao Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), a mulher passou a desacatar e ameaçar a equipe do Conselho.

Segundo a polícia, ela atirou  pedaços de madeira contra os servidores. Quando a Polícia Militar chegou, além da criança, encontraram mais duas pessoas, o avô e o marido da mulher, de 41 anos. Os policiais determinaram que a mulher entregasse sua filha aos conselheiros, momento em que ela teria começado a atirar objetos contra os policiais. 

Ela então foi detida e encaminhada à delegacia. Já a criança foi encaminhada ao Creas pela equipe do Conselho Tutelar. Durante os procedimentos de praxe, na sede do pelotão, compareceu uma mulher integrante do Creas.

A funcionária relatou que após a criança ser consultada por uma psicóloga, ela relatou ter sofrido abusos sexuais por parte do marido da mãe, que teria tirado sua roupa e tocado em diversas partes seu corpo. 

A criança também relatou que ao contar à sua mãe sobre o ocorrido, foi agredida com tapas e socos. Diante da denúncia, a guarnição retornou à residência e deu voz de prisão ao suspeito de 41 anos. 

Jornal Midiamax