Briga por imóvel vira caso de polícia com tiros e cunhado ameaçado de morte

Disse que não matou porque filho da vítima estava perto
| 17/04/2017
- 04:29
Briga por imóvel vira caso de polícia com tiros e cunhado ameaçado de morte

Disse que não matou porque filho da vítima estava perto

Por causa da disputa judicial de uma casa, um homem, de 34 anos, chegou atirando contra o cunhado, de 31 anos, que estava em sua residência localizada no Jardim Batistão em Campo Grande, na noite deste domingo (16).

Segundo o registro policial, o autor chegou ao local e disse que queria conversar com o cunhado, momento em que sacou uma arma e deu um tiro contra o desafeto. O tiro atingiu a parede e a vítima conseguiu fugir. “Ainda vou te pegar só não te matei porque seu filho e sua mãe estão aqui”, disse.

A vítima contou na delegacia que o motivo do ocorrido é por causa da briga judicial de uma casa e, além disso, ele relatou que o autor é violento e inclusive já agrediu a irmã, no caso esposa da vítima. O caso foi registrado na Depac Centro.

Veja também

A Polícia Militar Ambiental de Aquidauana autuou um fazendeiro em R$ 12,6 mil por derrubada...

Últimas notícias