Polícia

Após perseguição, polícia encontra bezerro nelore sedado em porta-malas

Na região do distrito de Véstia próximo a Selvíria

Diego Alves Publicado em 10/05/2017, às 01h26

None
img-20170509-wa0008.jpg

Na região do distrito de Véstia próximo a Selvíria

Uma equipe da Patrulha Rural da Polícia Militar de Três Lagoas,  cidade a 325 quilômetros de Campo Grande, apreendeu um bezerro da raça nelore sendo carregado vivo e sedado dentro do porta-malas de um veículo na noite desta segunda (9). O caso ocorreu na região do distrito de Véstia próximo a Selvíria.

Por 23h a polícia realizava patrulhamento pela região de Véstia quando um veículo VW/Gol foi visto trafegando em alta velocidade pelas ruas do distrito. Os policiais então deram ordem de parada ao condutor que desobedeceu e fugiu.

Após alguns quilômetros, os dois ocupantes do carro abandonaram o carro e fugiram a pé em meio a vegetação nas margens da BR-158. Os dois não foram localizados.

Ao realizar a vistoria dentro do veículo, os policiais encontraram o bezerro nelore dentro do porta-malas. Os suspeitos abaixaram o encosto do banco traseiro e o animal foi colocado ainda vivo no automóvel.

Também foi encontrada uma seringa e uma ampola de medicamento veterinário que supostamente foi utilizado para sedar o garrote.

O veículo foi apreendido e levado a Delegacia de Polícia Civil de Selvíria. O garrote, após algumas horas reagiu ao sedativo e foi amarrado no pátio da delegacia. A polícia agora aguarda que o proprietário compareça para registrar o boletim de ocorrência de furto.

Enquanto os policiais estavam na delegacia registrando a ocorrência, uma mulher compareceu ao local alegando que o carro era de propriedade do irmão dela e que a documentação do veículo estava irregular devido ao atraso nos pagamentos. Ela não deu explicações a respeito do garrote encontrado vivo e sedado dentro do porta-malas. 

Jornal Midiamax