Polícia

Acusado de tentar matar a ex na frente dos filhos na Capital vai a júri

Julgamento na 1ª Vara do Tribunal do Júri 

Diego Alves Publicado em 03/05/2017, às 20h39

None
justica.jpg

Julgamento na 1ª Vara do Tribunal do Júri 

Um homem identificado como E.C.S. será julgado na manhã desta quinta-feira (03) por tentar matar a própria esposa na tarde de 22 de agosto de 2015 na casa onde moravam no Jardim Tarumã em Campo Grande.

De acordo com acusação, a denúncia é de tentativa de feminicídio em situação de violência doméstica e familiar, movido por impulso fútil. O julgamento será na 1ª Vara do Tribunal do Júri da Capital.

De acordo com o Ministério Público, no dia do ocorrido, embriagado, o réu, disse para esposa que iria embora para Costa Rica e mandaria uma pensão somente para a filha do meio. 

Ambos começaram a discutir, quando o acusado pegou uma faca e foi em direção a vítima. Ela então correu para o quarto do filho mais novo e trancou-se para proteger-se, proteger o filho e a enfermeira da criança, portador da síndrome de ohtahara, tipo raro de epilespsia. 

Ainda segundo a denúncia, E.C.S. arrombou a porta e, uma vez mais, tentou matar J.A.C., que arremessou um berço em sua direção. Neste momento, a filha mais velha do casal e uma prima que estavam na casa seguraram-no, momento em que a vítima pulou a janela, fugiu e pediu socorro para os vizinhos.

Jornal Midiamax