Polícia

Suposto militar do Exército é preso depois de cometer vários assaltos

Detido na fronteira com comparsa

Renata Portela Publicado em 24/09/2016, às 18h48

None
prisao2.jpg

Detido na fronteira com comparsa

Derlis Rolando Martinz Areco, de 18 anos, e Willian Riveros, também de 18 anos, foram detidos no início da tarde deste sábado em Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande, após cometerem assaltos. Derlis se identificou como militar do Exército do Paraguai.

Segundo informações da polícia, a dupla estava em uma motocicleta estrangeira, marca Star SK preta, sem placa, e cometeu vários assaltos utilizando um simulacro – arma de brinquedo – de pistola 9mm Conforme o site Porã News, os roubos ocorreram na região do Bairro Planalto, Ipês e Vila Aurea.

Vítimas alertaram agentes da Polícia Militar, que fizeram buscas pelos suspeitos. Eles foram detidos por populares na região da linha internacional entre Ponta Porã e Pedro Juan Caballero. Os policiais ainda tiveram que tirar os suspeitos do local, pois populares queriam linchar os jovens, que sofreram alguns ferimentos.

Vários celulares foram encontrados com os bandidos e as vítimas foram até a Delegacia de Polícia Civil, onde reconheceram os rapazes. Ainda conforme as vítimas, os suspeitos ameaçavam atirar a todo momento, embora estivessem com um simulacro. Eles responderão por roubo.

Jornal Midiamax