Um dos bandidos levou quatro tiros e outro fugiu

Um assaltante ficou ferido após tentar roubar uma , trocar tiros com um policial à paisana na noite deste sábado (19), por volta das 23h30, na Avenida Marechal Teodoro, no Bairro Nova Bandeirantes, em .

Tailon Henrique dos Anjos, 22 anos, e um comparsa entraram na e com arma em mãos anunciou o . Um sargento da Polícia Militar, que estava de folga, estava no estabelecimento comprando antialérgico quando a dupla entrou. 

O policial de imediato puxou a arma quando Tailon atirou. O sargento revidou, os dois saíram da farmácia atirando e quatro tiros acertaram o assaltante.

Mesmo ferido, Tailon ainda tentou atirar, mas o revólver, desta vez, não disparou. O Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrê-lo. Ele foi encaminhado para a Santa Casa e está sob escolta policial. O delegado já pediu a prisão preventiva do assaltante. 

O comparsa, que havia estacionado o carro usado para o crime a algumas quadras da Farmácia, conseguiu fugir quando a troca de tiros começou. Um dos tiros ainda passou de raspão na cabeça do policial, que não ficou ferido. 

Com Tailon foi apreendido um revólver de calibre 32 municiado. De acordo com o delegado plantonista, Thiago Macedo, da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga, disse que horas antes eles haviam assaltado uma pizzaria na Rua 11 de Outubro, no Bairro Cabreúva.

Ainda de acordo com Macedo, na pizzaria eles agiram com violência e chegaram a apontar a arma na cabeça de uma criança de 3 anos para render as pessoas. Eles entraram, anunciaram o e roubaram um pouco mais de R$ 100 do caixa e objetos pessoais dos clientes e proprietários.

O delegado disse que os dois assaltos foram filmados pelo circuito de segurança dos dois estabelecimentos comerciais. A vítima da pizzaria reconheceu Tailon como o autor do assalto ao estabelecimento.

Macedo ainda disse que pelas imagens da farmácia é possível ver que ele mataria mesmo para roubar. Ainda segundo a polícia, eles estavam em dois em um carro, mas não descarta a possibilidade de ter outros envolvidos nos crimes.

Tailon estava evadido do presídio da Gameleira por tráfico de drogas. O delegado acredita que eles efetuaram outros roubos pela cidade. Tailon é pintor e ambos são moradores do Bairro Nova Lima. A Derf (Delegacia Especializada em Roubos e Furtos) vai investigar o caso.