Suspeitos foram presos no Paraguai

Ação da Polícia Civil e PRF (Polícia Rodoviária Federal), além de policiais do Paraguai, prendeu 7 integrantes de uma quadrilha que transportava drogas de Mato Grosso do Sul para o Rio de Janeiro. Os suspeitos foram detidos em , a 346 quilômetros da Capital, com uma carreta carregada com tabletes de maconha.

De acordo com a polícia, os presos foram identificados como Antônio Carlos de Moraes, de 52 anos, Givaldo de Oliveira, de 47 anos, Marcela Rodrigues Nascimento, 23 anos, Clecio Vitor de Araújo, 47 anos, Ednaldo Alves Fabricio, de 36 anos, Eduardo da Silva, 37 anos e Marcos Vinicius Fialho Alves, de 27 anos.

A quadrilha foi presa na manhã de terça-feira (12), em ação conjunta com agentes do Siato (Setor de Investigação e Apoio Tático Operacional), coordenados pelo delegado Jarley Inácio da 1ª Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã, além de agentes da PRF. Após trabalho de inteligência, que investigava e lavagem de dinheiro, a polícia chegou ao grupo.

Conforme apurado pelo site Porã News, a quadrilha preparava grandes cargas de droga e transportava para o Rio de Janeiro. No momento da prisão, os integrantes enviavam 980 quilos de maconha escondidos em uma carreta bitrem Mercedes-Benz branca placa de Campo Grande (MS), com carrocerias placas de Belém (PA). A droga estava escondida na cabine do motorista e nas laterais das carrocerias.

A prisão da quadrilha que já havia sido presa pela Policia Nacional do Paraguai e os integrantes foram entregues aos policiais em Ponta Porã. O grupo foi identificado como responsável por compra e preparo para o transporte da droga até o RJ, onde estariam abastecendo um importante grupo criminoso responsável pela redistribuição do entorpecente a outros centros do país.

Com a quadrilha ainda foi apreendido um revólver calibre 38 e munições de mesmo calibre, além de uma camionete Ford F1000, prata, usada para serviço de batedor. Todos os envolvidos foram levados para a delegacia e responderão por associação criminosa, tráfico de drogas e posse de droga.