Polícia

Interno é executado com 4 tiros na cabeça logo após sair do semiaberto

Morto tinha passagens por homicídio e assalto

Renata Portela Publicado em 25/01/2016, às 12h03

None
lauro_-_diario_online.jpeg

Morto tinha passagens por homicídio e assalto

No início da manhã desta segunda-feira (25), por volta das 5h40, Lauro Moreira dos Santos, de 36 anos, foi morto com tiros na cabeça em Corumbá, cidade a 444 quilômetros da Capital. Lauro era interno do Presídio Semiaberto e foi morto aproximadamente 10 minutos após deixar o estabelecimento.

Segundo informações do boletim de ocorrência, equipe da Força Tática da Polícia Militar foi acionada para ir até a Rua Monte Castelo, atender a ocorrência de disparos de arma de fogo. No local, os militares encontraram Lauro caído no meio fio, com lesão na cabeça e sem movimentos. Corpo de Bombeiros foi acionado e, com apoio de um médico, confirmou a morte da vítima, que tinha diversas passagens por crimes como homicídio e roubo. 

De acordo com a polícia, o local foi isolado até a chegada da Perícia, que constatou quatro disparos de arma de fogo na cabeça de Lauro. A informação é de que o homem era albergado no regime semiaberto de Corumbá, cumpria pena isoladamente e saía meia hora antes dos outros internos, às 5h30.

O caso foi registrado na 1ª Delegacia de Polícia Civil como homicídio qualificado pela traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido.

Jornal Midiamax