O caso será investigado pela polícia

O corpo de Jonnathan Batista de Araújo, de 35 anos, foi encontrado na tarde desta quarta-feira (17) boiando próximo a uma ponte do Córrego Bandeiras que fica na Avenida Georges Chaia, na Vila Piratininga. Segundo informações da polícia, a vítima não apresentava nenhuma lesão e a causa da morte é desconhecida.

Uma moradora região, que preferiu não se identificar, relatou para a equipe do Jornal Midiamax que estava indo tomar banho no córrego com o filho quando vizinhos avisaram para ela não entrar na água, pois havia um homem morto no local. A testemunha então se aproximou e viu Jonnathan, que estava de bermuda e camiseta, boiando.

Os populares então acionaram o Corpo de Bombeiros, que foi até o local, constatou o óbito e comunicou a Polícia Civil e a perícia. De acordo com o delegado Tiago Macedo, plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga), a vítima estava com todos os documentos dentro da carteira, no bolso de trás da bermuda e não apresentava nenhuma lesão no corpo.

“Vamos verificar se algum familiar registrou boletim de ocorrência por desaparecimento, e conversar com parentes para tentar descobrir o que pode ter acontecido” explicou o delegado. Ainda conforme informações preliminares, Jonnathan não possuía passagens pela polícia.

Equipes do SIG/DPC (Setor de investigação Geral do Departamento de Polícia da Capital), do Corpo de Bombeiros e também a funerária foram até o local da ocorrência. O caso será registrado como e o corpo está encaminhado para o IMOL (Instituto Médico e Odontológico Legal)  para exames que apontaram a causa da morte.