Polícia

Terceiro caixa eletrônico é ‘derretido’ em menos de uma semana na Capital

Assaltantes só conseguiram beber refrigerantes

Renata Portela Publicado em 12/07/2015, às 12h41

None
11.jpg

Assaltantes só conseguiram beber refrigerantes

Na madrugada deste domingo (12), por volta da meia-noite, três pessoas invadiram um supermercado e tentaram roubar um caixa eletrônico. O crime ocorreu em um supermercado na Rua do Patrocínio, na região do Jardim das Meninas, ao sul da Capital.

Os assaltantes entraram em um terreno baldio, pularam na igreja que fica ao lado e, em seguida, conseguiram invadir a área do supermercado. Eles arrombaram dois portões, que estavam fechados com cadeados, e entraram na loja. Segundo o delegado Fábio Peró, adjunto do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco e Resgate a Assaltos e Sequestros), o trio teria usado uma espécie de maçarico para derreter o caixa eletrônico do mercado.

Já por volta das 6 horas, uma funcionária chegou até o local e percebeu que as portas do supermercado estavam arrombadas, momento no qual acionou a polícia. O dono do estabelecimento, de 35 anos, afirmou que os bandidos cortaram os fios do alarme e também viraram as três câmeras de segurança, sendo impossível a identificação deles.

Testemunhas vizinhas ao supermercado disseram ter visto os três assaltantes. A informação é de que eles estavam encapuzados e usavam casacos e luvas. Apesar da tentativa de assaltar o caixa eletrônico, o trio não conseguiu levar o dinheiro, mas levou uma CPU, além de beber refrigerantes do mercado e levar aproximadamente R$ 500 do caixa, usados para trocos.

Prejuízo

O dono do mercado afirmou que deve ter prejuízo de mais de R$ 10 mil neste domingo. “Além dos produtos que eles levaram, não vamos poder abrir as portas hoje, o que vai dar um prejuízo muito grande”, disse.

Ainda segundo o dono do supermercado, ele tem outra loja, que foi roubada há cerca de 20 dias. Ele ainda afirmou que, há um mês, assaltantes roubaram um malote de R$ 50 mil da loja. “Está difícil trabalhar. Eu estou construindo outra loja, mas fica complicado, olha o prejuízo que já tive em um mês”, lamentou o comerciante.

Casos semelhantes

Na última semana, outros dois caixas eletrônicos foram “derretidos” em Campo Grande. Os casos aconteceram na noite de terça-feira (7) e madrugada de quarta-feira (8).

O primeiro fato ocorreu em uma agência do Banco do Brasil, no Bairro Monte Líbano, já o segundo foi registrado no Aero Rancho. A semelhança dos três casos é que os caixas eletrônicos não foram explodidos, mas sim derretidos, provavelmente pelo uso de maçarico. Em nenhum dos casos os bandidos conseguiram levar o dinheiro dos caixas.

Jornal Midiamax