Polícia

Suposto bandido é ferido a tiro a mando de mulher que teve moto furtada

Ela confessou para a polícia o 'acerto de contas'

Renata Portela Publicado em 03/11/2015, às 10h40

None
depac_centro_-_cleber_gellio_14.jpg

Ela confessou para a polícia o 'acerto de contas'

Na noite de segunda-feira (2), por volta das 22 horas, um homem de 30 anos foi vítima de tentativa de homicídio no Bairro Coronel Antonino, região norte de Campo Grande. Ele foi levado para uma casa, onde foi agredido e teve um pé ferido a tiro. Os autores do crime, David Ramos da Silva, de 23 anos, e Gabriela Cristina Dias Rondon, de 20 anos, foram presos em flagrante.

De acordo com o boletim de ocorrência, registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, a equipe da Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência de disparo de arma de fogo na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Coronel Antonino. No local, os militares localizaram o homem, de 30 anos, ferido por um disparo no pé.

O homem informou aos policiais que caminhava na Avenda Norte, quando David, com uma pistola em mãos, um rapaz, identificado como 'Gordinho', que portava um revólver calibre 32, e Gabriela, o abordaram. Segundo a vítima, ela foi levada para uma casa, onde foi agredida fisicamente a coronhadas. Ainda de acordo com o homem, 'Gordinho' efetuou um disparo com a arma, atingindo o pé direito dele.

Consta no boletim de ocorrência, que o homem, de 30 anos, revelou aos policiais que a autora e mandante do crime era Gabriela. Ainda segundo ele, a jovem participou da agressões e os três diziam que dariam um fim na vida dele. Os militares conseguiram localizar e abordar Gabriela e a jovem confessou o crime.

Além disso, Gabriela ainda disse que se tratava de um acerto de contas, porque a vítima havia furtado a motocicleta dela no domingo (1º). Os policiais também conseguiram localizar David e o revólver Taurus, calibre 32, municiado. A vítima do disparo foi encaminhada para a Santa Casa e Gabriela e David foram presos.

O caso foi registrado como homicídio simples na forma tentada.

Jornal Midiamax