Polícia

Rapazes só de cueca abraçam e tentam agredir travestis com taco de beisebol

Eles ainda agrediram outras pessoas

Renata Portela Publicado em 29/10/2015, às 11h45

None
depac_centro-gw2.jpg

Eles ainda agrediram outras pessoas

Na madrugada desta quinta-feira (28), dois rapazes de 21 e 23 anos e uma mulher, de 47 anos, procuraram a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro para relatar que foram agredidos por três rapazes. Ainda de acordo com as vítimas, antes de serem agredidas, elas viram os suspeitos andando só de cueca na rua e tentando agredir travestis no centro da Capital.

Segundo informações do boletim de ocorrência, por volta das 2 horas, os suspeitos passavam pela Rua 26 de Agosto, no cruzamento com a Rua 7 de Setembro, em um Corsa cinza, placas AGK-0781 de Campo Grande (MS). De acordo com o relato da mulher, de 47 anos, ela viu quando os três rapazes desceram do veículo, só de cueca, e começaram a abraçar travestis que estavam no local.

Ainda de acordo com o relato da vítima, um dos suspeitos pegou um taco de beisebol e tentou agredir uma travesti, que conseguiu tirar o objeto da mão do rapaz e fez com que ele e os outros dois suspeitos entrassem no carro e saíssem do local. Segundo a mulher, de 47 anos, ela estava em um posto de combustíveis, quando os três rapazes, já vestidos, desceram e começaram a agredi-la e também os dois jovens de 21 e 23 anos.

Conforme relato das vítimas, um dos suspeitos era gordo e forte, tinha aproximadamente 1,65m, aparentava ter 25 anos, era moreno e tinha cabelo curto. Outro suspeito usava camisa do São Paulo, tinha aproximadamente 1,70m, 25 anos, cabelo liso e era moreno. As vítimas não conseguiram gravar as características do terceiro envolvido.

O caso foi registrado pela Polícia Civil como lesão corporal dolosa e, segundo as vítimas, o posto de combustível possuí câmeras de segurança que podem ter filmado a ação dos agressores.

Jornal Midiamax