Polícia

Pai se nega de ficar com filhas e Conselho Tutelar procura polícia em MS

Após a negativa os Conselheiros disseram que não tinham outra escolha a não ser deixar com a mãe

Diego Alves Publicado em 10/01/2015, às 00h30

None

Após a negativa os Conselheiros disseram que não tinham outra escolha a não ser deixar com a mãe

Funcionários do Conselho Tutelar de Inocência, 321 quilômetros de Campo Grande, procuraram a delegacia para registrar um boletim de ocorrência por abando de incapaz.

Consta noB.O., que o Conselho tentou de várias formas de contato com familiares, para deixar duas crianças, sendo elas de 3 e outra de 1 ano e oito meses.Foi feito um contato com o pai das crianças, de 22 anos, que se recusou a ficar com a guarda, pois estaria trabalhando .

Após a negativa os Conselheiros disseram que não tinham outra escolha a não ser deixar com a mãe. Na qual consta que já possui um boletim de ocorrência e por isso estava sendo realizado o contato com o pai. O caso foi registrado na delegacia da cidade.

Jornal Midiamax