Polícia

Motociclista suspeito de homicídio é executado por dupla em bairro da Capital

Crime assustou bairro de Campo Grande nesta manhã

Midiamax Publicado em 20/05/2015, às 10h51

None
img-20150520-wa0024.jpg

Crime assustou bairro de Campo Grande nesta manhã

O servente de pedreiro Itamar Coenga, de 41 anos, foi morto no início da manhã desta quarta-feira (20), no Jardim Montevidéu, na região norte de Campo Grande. Ele foi abordado por dois homens em uma motocicleta que efetuaram os disparos, conforme informações de testemunhas.

Por volta das 6h30, a vítima saiu de casa para o trabalho com a Honda Fan, preta, placa NRK-9312, de Campo Grande (MS). Ele seguia pela Rua Coatá, quando próximo da Rua Ana Rosa Castilho Ocampos, foi abordado por dois homens em uma moto ‘barulhenta’ que chamou a atenção dos populares.

Os suspeitos efetuaram diversos disparos. O servente caiu do veículo e mesmo no chão ainda foi alvejado por tiros pelos executores. A maioria dos tiros ocorreu na cabeça da vítima, que usava capacete.

Populares ligaram para o Corpo de Bombeiros, porém quando os militares do socorro chegaram ao local, Itamar já estava morto. Equipes do 9º BPM (Batalhão da Polícia Militar) do Pelotão Noroeste foram chamadas para preservar o local até a chegada da Polícia Civil e da Perícia Criminal.

A vítima era casada e tinha duas filhas de 7 e 5 anos. Ainda não é sabido os motivos do atentado. De acordo com o sargento do 9º BPM, Mesa, Itamar tinha passagem pelos crimes de homicídio e porte ilegal de arma de fogo.

Jornal Midiamax