Homem de 52 anos foi encontrado deitado em colchão

Um morador de rua identificado como Daniel Ferreira dos Santos, de 52 anos, foi encontrado morto na tarde desta segunda-feira (25), no Terminal Rodoviário de Nova Andradina, a 301 quilômetros da Capital.

Conforme apurado pelo site local Nova News, outro morador de rua tentou acordar Daniel, que estava deitado em um colchão, quando descobriu que ele estava morto.

A Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros foram acionados e compareceram ao local. O corpo foi retirado por uma empresa funerária da cidade sem a realização de perícia.

Uma equipe do Centro de Referência Especializada da Assistência Social também esteve no local. Segundo as técnicas, o homem estava recebendo toda a assistência necessária, porém ele se recusava a deixar o terminal e estava ‘morando’ na rodoviária.

Segundo elas, Daniel era monitorado desde  junho de 2014. Ele era alcoólatra e recentemente teria finalizado o tratamento de tuberculose. De acordo com as profissionais do Creas, Daniel também passou algum tempo na clinica de reabilitação “Esquadrão da Vida”.  

A vítima tinha muitos problemas de saúde e há aproximadamente um mês teria voltado a morar na rodoviária. Seu corpo foi encaminhado para o IML ( Instituto Médico-Lega), onde passará por autópsia a fim de ser liberado para os procedimentos fúnebres.

De acordo com um amigo de Daniel, ele sempre se lembrava de um filho que reside na cidade de . “É a única pessoa da família dele que ele costumava se lembrar”, disse o homem.    

Saiba Mais