Lutador de jiu-jítsu é denunciado por homicídio por meio cruel e motivo torpe

Lutador invadiu quarto de hotel e matou engenheiro que nem conhecia
| 12/05/2015
- 22:25
Lutador de jiu-jítsu é denunciado por homicídio por meio cruel e motivo torpe

Lutador invadiu quarto de hotel e matou engenheiro que nem conhecia

O MPE (Ministério Público Estadual) ofereceu na segunda-feira (11), denúncia contra o lutador de Jiu-jítsu Rafael Martinelli Queiroz, de 27 anos, suspeito de matar o engenheiro Paulo Cezar de Oliveira, de 49 anos, no Hotel Vale Verde, em Campo Grande.

Rafael foi denunciado por homicídio triplamente qualificado por motivo torpe, pelo uso de meio cruel e com recurso que dificultou a defesa da vítima. O lutador também foi denunciado pelo crime de lesão corporal, pois discutiu com a namorada e mesmo grávida, ela foi agredida com tapas no rosto e com um soco no glúteo, causando, lesões que foram descritas em laudo pericial.

Por fim, também consta na denúncia a resistência à prisão, pois pelo porte físico dele, foi necessária a realização de uma operação especial com o apoio do BPChoque (Batalhão de Choque da Polícia Militar) para remover o preso até a Garras.

Segundo o MPE, em relação ao pedido da defesa de Rafael, que seja concedido o benefício da prisão especial, por ele ser bacharel em ciências contábeis, ou em caso de impossibilidade, que seja concedido o direito à prisão domiciliar, o promotor de Justiça substituto João Meneghini Girelli  manifestou-se pelo indeferimento com fundamento na incompatibilidade do inciso VII do artigo 295 do Código de Processo Penal com o princípio constitucional da igualdade (artigo 5º caput da CR 88), mantendo-se o indiciado recolhido preventivamente em cela comum.

Crime

Segundo informações da Polícia Civil, Rafael teria agredido a namorada, de 24 anos, que fugiu do apartamento em que eles estavam hospedados. Ele foi atrás de jovem e no caminho arrombou a porta de outro quarto e matou o engenheiro Paulo Cezar a cadeiradas.

O engenheiro estava em Campo Grande a trabalho. Já o lutador tinha vindo participar de uma competição no Círculo Militar.

Veja também

Bombeiros demoraram 1 hora para fazer o resgate do homem que caiu de uma altura de 7 metros

Últimas notícias