Polícia

Jovem arromba casa na Capital e mata vizinho de ex que ligava para a polícia

Nivaldo Pereira dos Santos morreu no momento no qual ligava para a polícia

Diego Alves Publicado em 06/04/2015, às 02h54

None
depac.jpg

Nivaldo Pereira dos Santos morreu no momento no qual ligava para a polícia

Nivaldo Pereira dos Santos de 39 anos, morreu pelo fato de ligar para a polícia após Rodney Garceis Reis de 28 anos, ter invadido e arrombado a casa da vizinha de Nivaldo, para tentar matar a ex-namorada, uma adolescente de 16 anos, em uma vila de casas localizada na Rua Maracaju em Campo Grande. O crime aconteceu na noite deste domingo (5).

J.G.S. de 36 anos, mãe da adolescente, disse que estava em casa com a filha, momento no qual o autor chegou à casa e arrombou a porta. “Ele ia dar uma facada no coração da minha filha, não sei da onde tirei força e consegui impedir, lembra”.

Neste momento Nivaldo ligava para a polícia quando foi ameaçado. Em meio à confusão  o autor correu atrás da ex e da vítima.  Rodney Garceis então entrou em luta corporal com Nivaldo no cruzamento da Avenida Calógeras com a Dom Aquino, que foi assassinado com uma facada nas costas.

Policiais militares foram informados da ocorrência e fizeram a prisão de Rodney em frente do Hospital Alfredo Abrão na Marechal Rondon. Um irmão do autor, de 33 anos também foi preso e levado para a delegacia para esclarecimento dos fatos. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), Centro.

Jornal Midiamax