Polícia

Irmã de travesti morta a facadas afirma que ela foi vítima de emboscada

O crime ocorreu na região da Vila Progresso

Renata Portela Publicado em 10/07/2015, às 19h39

None
img-20150710-wa0055.jpg

O crime ocorreu na região da Vila Progresso

A irmã de Renato Souza dos Santos, de 34 anos, revelou, ao Jornal Midiamax, acreditar que ele foi morto em uma emboscada. Renato era travesti e foi morto a facadas na noite de quinta-feira (9).

De acordo com ela, o irmão foi chamado para fazer um programa e, no local, foi vítima do atentado. “Estou aqui há duas semanas. Eu tenho quatro filhos, um recém-nascido, e trouxe para o meu irmão conhecer. Ele era como um pai para minhas crianças”, disse a irmã da vítima.

Ainda segundo a irmã de Renato, ele fazia programas para ajudar a família com o dinheiro que recebia. A delegada da 4ª Delegacia de Polícia Civil conversa com os suspeitos do crime na tarde desta sexta-feira. 

Jornal Midiamax