Investigador embriagado cai de 2º andar de prédio e morre na Capital

Testemunhas afirmaram que a vítima estava visivelmente embriagada
| 17/05/2015
- 19:22
Investigador embriagado cai de 2º andar de prédio e morre na Capital

Testemunhas afirmaram que a vítima estava visivelmente embriagada

O investigador de Polícia Judiciária Honório Aparecido de Oliveira Filho, de 43 anos, morreu neste sábado (16) depois de cair do 2º andar do prédio em que morava no Bairro Flamboyant. Segundo o delegado Sidnei Alberto, assessor de comunicação da , testemunhas afirmaram que a vítima estava visivelmente embriagada.

Conforme a polícia, Honório, que morava no 2º andar do prédio, foi deixado em casa por colegas. Já no local, o policial percebeu que estava sem a chave e entrou em contato com a esposa, que não estava na residência, mas falou que levaria a chave para ele.

Neste meio tempo um vizinho da família chegou a conversar com o policial, que mesmo embriagado, reforçou estar esperando a mulher para entrar em casa. Minutos depois o investigador teria se desequilibrado e caído sobre a laje no primeiro piso, uma altura de aproximadamente 3 metros e meio.

Os moradores do prédio ouviram um barulho e acionaram o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que encaminhou Honório para a Unidade de Pronto Atendimento do Tiradentes, onde ele morreu horas depois. De acordo com o delegado, o caso será investigado.

Honório era lotado na Decon (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes contra a Relação de Consumo) e deixou esposa e três filhos. O corpo do policial está sendo velado na Capela da Pax São João Batista e será sepultado no Cemitério Jardim da Paz, às 16h30.

Veja também

Bandido estava com uma faca e ameaçou a funcionária do supermercado

Últimas notícias