Polícia

Homem que matou companheira a facada na Capital é condenado a 8 anos de prisão

Testemunhas relataram que Almeida acertou a facada no peito da companheira e saiu correndo pelos bairros

Wendy Tonhati Publicado em 16/01/2015, às 16h28

None

Testemunhas relataram que Almeida acertou a facada no peito da companheira e saiu correndo pelos bairros

Foi realizado nesta sexta-feira (17), o julgamento de Marcos José de Almeida, de 37 anos, acusado de matar a companheira, Ana Paula Virgílio dos Santos, de 24 anos, no dia 11 de julho de 2013, na Avenida Júlio de Castilho, no Jardim Panamá, em Campo Grande. Almeida foi condenado a oito anos e seis meses de prisão, em regime fechado.

De acordo com a sentença condenatória, o promotor de justiça, Gerson Eduardo de Araújo, requereu a condenação no homicídio simples. Já o defensor público, Ronald Calixto Nunes, sustentou a tese da absolvição por insuficiência de provas, o privilégio do domínio da violenta emoção, logo após a injusta provocação da vítima.

O Conselho de Sentença, por maioria de votos declarados, condenou Almeida pelo crime de homicídio simples. A decisão é assinada pelo juiz Aluízio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri.

Morte

Após atingir a mulher com uma facada, Almeida foi preso. Ele contou que antes do homicídio ingeriu bebida alcoólica e se separou da companheira por que o relacionamento era conturbado.

Testemunhas relataram aos policiais militares que Almeida acertou a facada no peito da companheira e saiu correndo pelos bairros Jardim Panamá e Silvia Regina com a faca na mão.

Jornal Midiamax