Polícia

Homem morto após assalto e sequestro de empresário estava foragido

Ele era procurado pela Justiça de São Paulo

Renata Portela Publicado em 08/07/2015, às 14h24

None
clayton.jpg

Ele era procurado pela Justiça de São Paulo

Clayton Morais Galdino, de 29 anos, morto durante operação da Polícia Civil de Ponta Porã, cidade a 346 quilômetros da Capital, estava foragido. O rapaz, que era procurado pela Justiça de Araçatuba-SP, foi alvejado na tarde de terça-feira (7), na região de fronteira com o Paraguai.

O irmão de Clayton, Renato Rosa Galdino, de 26 anos, e Evandro Carvalho Zamurio, de 22 anos, também foram presos, segundo informou o site 94fm. Além dos dois rapazes, uma adolescente de 16 anos foi apreendida. Segundo a Polícia Civil, todos têm várias passagens pela polícia e são moradores de Bela Vista.

Assalto e sequestro

A quadrilha foi detida após ter sequestrado o empresário Mário Rubens Ferraz de Paula, de 54 anos, na manhã desta terça-feira (7), em Dourados, cidade localizada 225 quilômetros ao sul de Campo Grande. O flagrante ocorreu por volta das 16 horas, perto da região de fronteira. O caso foi registrado como roubo majorado pela restrição de liberdade da vítima.

A informação é de que a quadrilha começou a ser rastreada ao passar pro diversas cidades indo em direção ao sul do Estado. Equipes da Polícia Civil de Ponta Porã encontraram com os suspeitos na rodovia MS-384, entre Antônio João e Ponto Porã.

Os suspeitos não respeitaram a ordem de parada e deram início a uma troca de tiros. Já o empresário não ficou ferido e foi resgatado pela equipe policial. A caminhonete da vítima também foi recuperada. A polícia acredita que a intenção da quadrilha era levar o veículo para o Paraguai.

Jornal Midiamax