A mulher comercializava 40 quilos de pescado de várias espécies

Feirante, de 55 anos,  foi multada em R$ 2,8 mil com pescado ilegal em feira de , a 338 quilômetros de Campo Grande.

A mulher, residente no assentamento Estrela da Ilha em Ilha Solteira (SP), proprietária de uma barraca na feira livre comercializava 40 quilos de pescado das espécies pacu, corvina, curimbatá, porquinho e em filé e sem documentação.

A PMA autuou a feirante e vai verificar a procedência do pescado. Como não era pescadora profissional, a infratora poderia ter uma cota de 10 kg mais um exemplar e não poderia comercializar o pescado.

Dependendo da origem do pescado, ela responderá por crime, que prevê pena de um a três anos de detenção. Se não, responderá somente administrativamente. O pescado será doado para instituições filantrópicas de Três Lagoas.