Estupro coletivo foi motivado por vingança de homicídio em 2012

Crime teria sido cometido por vingança
| 12/05/2015
- 00:15
Estupro coletivo foi motivado por vingança de homicídio em 2012

Crime teria sido cometido por vingança

O a uma jovem de 19 anos, durante a madrugada deste domingo (10), na Aldeia Bororo, Reserva Indígena de Dourados, a 226 quilômetros de Campo Grande, foi ‘encomendado’ para vingar um homicídio ocorrido em 2012. Segundo a Polícia Civil a mandante do crime é parente de um homem assassinado pela vítima.

De acordo com o site Dourados News, a mulher identificada até o momento como Lindalva Valdez teria oferecido R$ 80 para os cinco homens violentarem a jovem. O estupro seria uma forma de se vingar pelo assassinato de um parente próximo dela, que ainda não foi identificado pela polícia.

Os detalhes do crime ainda serão investigados pela DAM (Delegacia de Atendimento a Mulher), como o grau de parentesco, se Valdez é sobrinha ou filha do homem e a identificação dele. Na época do crime, a vítima e outra mulher cumpriram medida socioeducativa pelo assassinato.

Caso

A jovem foi estuprada quando deixava uma festa. Os irmãos Edemil Arce Isnarde, 26, o ‘Zéri’, Oimando Arce Isnarde, 20, conhecido como ‘Caimando’, Aufifo Arce Isnarde, 23, um adolescente de 12 anos e o tio deles, de 15 anos, abordaram a mulher e cometeram o estupro.

Conforme a delegada, o ato só foi cessado porque a vítima desmaiou e os participantes entenderam que estaria morta. A jovem foi encontrada por populares que acionaram o socorro e a levaram para o Hospital Universitário.

Os suspeitos pela autoria acabaram presos no fim da tarde do mesmo dia e foram reconhecidos pela vítima. Autuados pelo estupro, Edemil, Oimando e Aufifo, permanecem detidos no 1º Distrito Policial. Já os dois menores foram levados para a Unei (Unidade Educacional de Internação).

Veja também

Um homem de 57 anos foi assaltado e teve a caminhonete, uma Ford Ranger (OOP1G16),...

Últimas notícias