Durante vacinação bovina, pecuarista denuncia sumiço de 300 animais em MS

Em 12 horas, polícia registra quatro furtos
| 29/07/2015
- 23:12
Durante vacinação bovina, pecuarista denuncia sumiço de 300 animais em MS

Em 12 horas, polícia registra quatro furtos

No intervalo de 12 horas desta quarta-feira (29), pelo menos quatro ocorrências de foram registradas em Mato Grosso do Sul. Em uma delas, o pecuarista denuncia o sumiço de 300 cabeças. O fato ocorreu em uma propriedade de Corumbá, a 444 quilômetros a oeste de Campo Grande.

De acordo com o empresário que tem 75 anos e teve o nome preservado, na fazenda dele havia 4 mil cabeças de gado. Entretanto, os animais foram levados para a vacinação e durante a contagem, ficou constatado que 300 deles haviam sumido.

Casos

Ainda no dia de hoje, um pecuarista de Terenos, a 23 quilômetros a oeste de Campo Grande, denunciou que possui gados de cria e recria, sendo que uma das vacas parida e o bezerro foram abatidos e carneados. Na propriedade rural, a vítima encontrou partes dos animais mortos.

Em Dourados, a 225 quilômetros ao sul de Campo Grande, um bezerro da raça girolando, de cor preta e de aproximadamente 5 arrobas foi furtado. E em Brasilândia, a 399 quilômetros a leste da Capital, o pecuarista encontrou o próprio animal, da raça nelore de aproximadamente 24 arrobas, abatido e carneado ainda no pasto da propriedade. Os casos foram registrados como abigeato, ou seja, furto de animais.

Veja também

Todas eram estagiárias e tinham contato direto com o suspeito

Últimas notícias