Polícia

Dois são presos por furto e adolescente apreendido por porte ilegal de arma

Os supeitos foram flagrados pela Rocam 

Midiamax Publicado em 12/07/2015, às 14h58

None
img-20150712-wa0021.jpg

Os supeitos foram flagrados pela Rocam 

Dois homens foram presos e um adolescente apreendido neste sábado (11) pela Rocam (Rondas Ostensivas com Apoio de Motos) do Batalhão de Choque da Polícia Militar. Os adultos foram presos por furto, enquanto o jovem foi recolhido por porte ilegal de arma de uso permitido.

A primeira prisão aconteceu durante rondas de rotina, quando um motociclista, que estava em uma Honda Titan, verde, placa HRK-8387, de Campo Grande, demonstrou nervosismo ao avistar a equipe policial. Achando a atitude suspeita, os militares deram ordem de parada para o condutor, que fugiu em alta velocidade, dando iniciou a um acompanhamento tático.

Na fuga, o motociclista desrespeitou a sinalização de trânsito em várias quadras e acabou caindo. O rapaz, identificado como Luiz Felipe da Silva Alencar, de 22 anos, ainda tentou fugir a pé, mas foi abordado.

Ao checarem à placa do veículo, os policiais descobriram que a moto foi furtada na última sexta-feira (10). Alencar confessou ser o autor do crime e ter usado uma chave tipo “mixa” para ligar a motocicleta. Ele foi preso por furto, instrumento de emprego usual na prática de furto e direção perigosa.

Poucos minutos depois da ocorrência, a equipe avistou dois rapazes em uma Honda Fan, preta, placa HTH-8415, de Campo Grande, na Rua Nefe Pael, Bairro Nova Lima. Com apoio do 9º Batalhão de Polícia Militar, eles foram abordados e ficou constatado que a moto usada foi furtada no dia 26 de junho, na Vila Piratininga, próximo da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

O condutor, identificado como Fernando Umbelina do Amaral Junior, de 20 anos, vulgo “Negro Drama”, relatou que conseguiu levar o veículo após usar uma chave de motocicleta para funcionar o motor e inocentou o colega que estava na garupa do crime.

Em depoimento, Fernando contou ainda que possuía uma arma de fogo, mas que ela estava em poder de um adolescente de 17 anos, conhecido como “Neguim Jamelão”. Com o apoio da Agência Local de Inteligência do batalhão, o jovem foi localizado e apontou onde teria deixado à arma, uma garrucha, artesanal, calibre 38.

Para os policiais o adolescente afirmou que o revólver era seu e por isso por detido por porte ilegal de arma de uso permitido. Além disso, o rapaz estava com um mandado de apreensão em aberto. Também foram apreendidos com os suspeitos, celulares e dinheiro.

Jornal Midiamax