Polícia

Corpo de babá morta na Espanha chega neste sábado em Dourados

Após um ano e meio da morte de Patrícia o corpo é liberado para sepultamento

Midiamax Publicado em 10/07/2015, às 14h16

None
559fcdb301328535cfd7645f1904297ed5a5c2b0a769b.jpg

Após um ano e meio da morte de Patrícia o corpo é liberado para sepultamento

O corpo da babá douradense, Patrícia Souza Leal, morta aos 28 anos na Espanha, deve chegar a Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande, neste sábado para o velório e sepultamento. A sul-mato-grossense foi encontrada morta a facadas no dia 15 de janeiro 2014.

Uma empresa funerária de Dourados está encarregada de trazer o corpo de Patrícia. Após um ano e meio da morte de Patrícia seu corpo será sepultado neste sábado (11) na Capela Bom Jesus, na Vila Industrial.

A suspeita é de que Patrícia foi assassinada depois de descobrir o caso do ex-namorado, o dominicano Jonathan José Lopes, com a madrasta dele. Para evitar o escândalo, a dupla teria matado a brasileira, mas a Justiça espanhola ainda não deu parecer sobre o crime.

Depois de ter sido dada como desaparecida, ela foi encontrada morta dentro de casa, debaixo do chuveiro, em janeiro de 2014. Patrícia morava fora do Brasil há oito anos. Primeiramente foi para Portugal, onde viveu por quase dois anos e, há seis anos, estava em Madrid, onde já atuou como doméstica e ultimamente era babá. Segundo a mãe, Patrícia queria montar uma loja de roupas em Dourados e retornaria ao país em 2015.

Jornal Midiamax