Polícia

Após ser ferida, cadela tem pata amputada e caso vai parar na delegacia

A crueldade ocorreu em Corumbá

Midiamax Publicado em 13/07/2015, às 18h11

None
cadela_-_ilustrativa.jpg

A crueldade ocorreu em Corumbá

Uma mulher de 50 anos, que teve o nome preservado, procurou a delegacia da Polícia Civil de Corumbá, a 444 quilômetros a oeste de Campo Grande, para denunciar uma lesão grave praticada contra a cadela de estimação, de apenas 5 anos. O caso foi registrado na manhã desta segunda-feira (13), como crueldade contra animais.

A senhora reside no Assentamento São Gabriel e informou que o animal de estimação é dócil e vive solto, pois não há como cercar o imóvel em que mora. De acordo com informações do boletim de ocorrência, uma vizinha achou a cadela sangrando.

O animal estava com uma lesão profunda na pata direita. A mulher contou com a ajuda da Gapa (Grupo de Proteção aos Animais) que levou a cadela para uma clínica, onde teve que amputar a pata. O fato ocorreu no dia 5 deste mês e a mulher foi orientada a procurar a delegacia para fazer a denúncia.

Jornal Midiamax