Polícia

Amigos se desentendem enquanto bebiam cachaça e um é morto a paulada

O autor do crime também ficou ferido

Renata Portela Publicado em 26/11/2015, às 10h33

None
policia_ilustrativa-gw2.jpg

O autor do crime também ficou ferido

Na madrugada desta quinta-feira (26), por volta das 3 horas, Jair Bruno Rodrigues, de 81 anos, foi morto a paulada na casa de Hamilton José Ribeiro Mariano, de 24 anos, em Nova Alvorada do Sul, a 120 quilômetros da Capital. Eles bebiam cachaça e se desentenderam, quando começaram as agressões.

De acordo com o registro policial, feito na Delegacia de Polícia Civil de Nova Alvorada do Sul, a equipe da PM (Polícia Militar) foi acionada para ir até o Hospital Municipal, onde havia um rapaz ferido e um idoso morto. Segundo os policiais, eles encontraram Hamilton, com ferimento na cabeça, e ele contou que havia bebido cachaça no início da noite.

Ainda conforme depoimento de Hamilton, ele revelou que convidou Jair para ir até a casa dele, para continuarem bebendo. Segundo o rapaz de 24 anos, houve desentendimento e ele afirmou que foi agredido por Jair com um pedaço de madeira. O jovem revelou que apenas se defendeu, tomando a arma do idoso e o agredindo com o golpe na cabeça.

Hamilton disse aos policiais que jogou o pedaço de madeira com vestígios de sangue em um terreno baldio. Ele foi preso após receber atendimento médico e responderá por homicídio qualificado por motivo fútil.

Jornal Midiamax