Polícia

Polícia flagra em MS traficantes e batedores que levavam 1,5 tonelada de maconha

O Comando de Operação do Bolsão (COB) interceptou neste sábado (31) na rodovia MS-229, com a BR-060, uma caminhonete VW Amarok, com placas de Catanduva (SP), produto de roubo, carregada com 1,552 quilos de maconha em Chapadão do Sul – a 325 quilômetros de Campo Grande. A droga estava sendo transportado por Marco Aurélio Pereira […]

Arquivo Publicado em 31/05/2014, às 14h53

None
1117538118.jpg

O Comando de Operação do Bolsão (COB) interceptou neste sábado (31) na rodovia MS-229, com a BR-060, uma caminhonete VW Amarok, com placas de Catanduva (SP), produto de roubo, carregada com 1,552 quilos de maconha em Chapadão do Sul – a 325 quilômetros de Campo Grande.


A droga estava sendo transportado por Marco Aurélio Pereira Cunha, 20 anos, da cidade de Trindade (GO). Junto com ele, foram presas mais três pessoas, que serviam como “batedores”, ocupantes de dois carros.


BATEDORES


Roosevelt Santos de Sena, de 28 anos, estava em um veiculo Chevrolet Astra, preto, com placas de Trindade, e confessou que atuava como “batedor”.


Gabriel Batista da Cruz e Tatiany Bento de Souza estavam em um VW Gol, também com placas de Trindade (GO). Eles afirmaram que estavam junto com Roosevelt, mas negaram suas participações no tráfico.


A mulher não portava documentos e nenhum deles deu detalhes do que estavam fazendo no Estado.


ROTA


Dentro da Amarok foi encontrado um mapa com a rota a ser feira pelo traficante, onde comprova que a maconha foi pega em Dourados e tinha como destino a cidade de Abadia, no entorno de Goiânia.


O motorista da caminhonete confirmou que pegou a droga, mas que entregaria em Goiânia, onde receberia a importância de R$ 10 mil.


Os quatro não têm passagem pela policia. A droga e os traficantes, bem como os veículos, foram entregues na Delegacia de Polícia.

Jornal Midiamax