Polícia

Polícia encontra em criadouro do Paraná leão que foi furtado de Ong no interior paulista

A Polícia Civil do Paraná localizou, neste sábado (3), em Maringá, o leão Rawell, de nove anos, que havia sido furtado de uma ONG em Monte Azul Paulista, no interior do Estado de São Paulo, na quinta-feira (1º). De acordo com o delegado adjunto da 9ª Subdivisão Policial de Maringá, Leandro Roque Munin, os agentes […]

Arquivo Publicado em 03/05/2014, às 21h03

None

A Polícia Civil do Paraná localizou, neste sábado (3), em Maringá, o leão Rawell, de nove anos, que havia sido furtado de uma ONG em Monte Azul Paulista, no interior do Estado de São Paulo, na quinta-feira (1º).

De acordo com o delegado adjunto da 9ª Subdivisão Policial de Maringá, Leandro Roque Munin, os agentes tinham um mandado de busca e apreensão, expedido pela Justiça do Paraná, para o criadouro de propriedade de Ary Marcos. “Chegando ao local, por volta das 14h, um funcionário foi detido, pois não queria deixar que os policiais entrassem para procurar pelo animal”, disse o delegado.

Rawell estava no local, que também abriga tigres usados, entre outros fins, em comerciais e filmes. Marcos não estava presente, mas seu advogado compareceu. “De acordo com a versão do advogado, Marcus seria o depositário fiel do animal pelo Ibama e teria documentos para comprovar. Ele teria deixado o animal provisoriamente no criadouro de Monte Azul Paulista e, quando foi buscá-lo, pessoas da ONG não queriam devolvê-lo. Ele resolveu então agir”.

A Polícia Ambiental, que acompanhou as buscas, não tem onde deixar o animal. Ele permanecerá no criadouro de Marcus, supervisionado por seus funcionários, até que o dono de São Paulo seja notificado e busque o leão.

Jornal Midiamax