Segundo o site Jornal da Nova, a mãe do jovem disse que tomava remédios controlados para síndrome do pânico e depressão e que acabava ficando dopada. Mesmo inconsciente, a mulher relatou lembrar-se de ser abusada por seu próprio filho.

Na segunda-feira, o jovem procurou a polícia para esclarecer os fatos e acabou confessando o crime, que cometeu quando tinha apenas 14 anos. O caso foi registrado pela Polícia Civil como estupro de vulnerável.