Polícia

‘Periquito’ é preso por matar dono de bar em Campo Grande por ciúmes

Gerson Carlos Ramos de 34 anos, o “Periquito”, foi preso por ter matado a pauladas Raimundo Januário de Nascimento Neto de 33 anos, no último dia 6 de agosto na rua Cleide Emiliano Sodré no bairro Oscar Salazar em Campo Grande. Raimundo que tinha um bar, em frente a casa do autor, foi entregar bebidas […]

Arquivo Publicado em 23/08/2012, às 17h27

None
1253169697.jpg

Gerson Carlos Ramos de 34 anos, o “Periquito”, foi preso por ter matado a pauladas Raimundo Januário de Nascimento Neto de 33 anos, no último dia 6 de agosto na rua Cleide Emiliano Sodré no bairro Oscar Salazar em Campo Grande.

Raimundo que tinha um bar, em frente a casa do autor, foi entregar bebidas no local onde havia uma confraternização. A vítima ficou bebendo no local, quando teria feito “gracejos” com a mulher de Gerson, segundo o delegado Weber Luciano de Medeiros.

“Periquito” então mandou todos que estavam na casa irem embora. Depois ele pegou um bastão de aproximadamente 70 cm, foi ao bar da vítima e desferiu golpes contra a cabeça de Raimundo que rachou em quatro partes.

Gerson foi preso pela Polícia Civil com um revólver calibre 38, em uma banca de comercialização de frutas, na avenida Cônsul Assaf Trad, em frente ao Macro Atacadista.

Ele foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo. “Periquito” também responderá por ameaça, falta de habilitação, acidente de trânsito, lesão corporal dolosa e homicídio doloso.

Jornal Midiamax