Polícia

Mãe e filho podem ter morrido afogados após capotamento na BR-262 no Pantanal

Na manhã deste domingo (15), por volta das 05h30, um acidente no quilômetro 672 da BR-262, deixou mãe e filho mortos, após capotar o veículo em que estavam e cair em uma ribanceira alagada. De acordo com o Corpo de Bombeiros, morreram a condutora do veículo Palio Adventure, Nilza Rocha, de 37 anos, e o […]

Arquivo Publicado em 15/05/2011, às 15h23

None
739212723.jpg

Na manhã deste domingo (15), por volta das 05h30, um acidente no quilômetro 672 da BR-262, deixou mãe e filho mortos, após capotar o veículo em que estavam e cair em uma ribanceira alagada.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, morreram a condutora do veículo Palio Adventure, Nilza Rocha, de 37 anos, e o filho dela, Rafael Rocha, de um ano e meio. Outras duas mulheres, identificadas como Maria Luzia Montovani e Norália Rocha, estavam no veículo, que seguia de Campo Grande para Corumbá.

No quilômetro 672, entre o Buraco das Piranhas e Porto Morrinho, a condutora perdeu o controle da direção do veículo, saiu da estrada, capotou e caiu numa ribanceira alagada com as rodas para cima.

A região continua inundada em função da cheia dos rios Paraguai e Miranda. A principal suspeita da guarnição que atendeu a ocorrência é que a condutora e o bebê morreram afogados, pois não havia lesões graves nos corpos. As outras duas ocupantes não tiveram ferimentos graves.

Jornal Midiamax