Polícia

Golpistas vendedores de ‘propaganda virtual’ são presos com R$ 500 mil no Rio

Duas pessoas foram presas em flagrante ontem, acusadas de integrar uma quadrilha de estelionatários que comercializava serviços de propaganda em mídia virtual de forma fraudulenta no Rio. Foram apreendidos com os dois vários cheques que somavam cerca de R$ 500 mil. Marcos Cleber Pereira Ferreira, de 33 anos, e Fabiano Madeira, de 30 anos, foram […]

Arquivo Publicado em 22/12/2011, às 22h08

None

Duas pessoas foram presas em flagrante ontem, acusadas de integrar uma quadrilha de estelionatários que comercializava serviços de propaganda em mídia virtual de forma fraudulenta no Rio. Foram apreendidos com os dois vários cheques que somavam cerca de R$ 500 mil. Marcos Cleber Pereira Ferreira, de 33 anos, e Fabiano Madeira, de 30 anos, foram presos em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, e responderão por tentativa de estelionato.


Segundo a polícia, os criminosos são acusados de integrar uma quadrilha de estelionatários que comercializa serviços de propaganda em mídia virtual de forma fraudulenta. Ambos possuem passagem pela polícia por crime de estelionato, e contra Marcos, ainda existe mandado de prisão expedido pela 26ª Vara Criminal da Capital.


Outros integrantes da mesma quadrilha já foram presos pela Delegacia do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (DAIRJ), aplicando golpes contra um hotel localizado no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro.

Jornal Midiamax